quarta-feira, 14 de outubro de 2009

voltaremos em breve!

Peço desculpas aos caros leitores por não estar postando mais regularmente, em breve estaremos retornando as atividades com novos temas e comentários envolvendo vida, filosofia, fim dos tempos, igreja, mundo, sociedades e muitos outros temas que causam divisão de opiniões em todas as esferas da sociedade em que vivemos, aguarde que em breve voltaremos!

domingo, 19 de abril de 2009

O ataque de sátanas contra a igreja

Temos visto já que a guerra espiritual gira em torno de duas coisas: a carne e o Espírito. Quando não damos lugar à carne, cortamos o caminho para Satanás e a guerra está ganha. De modo que a guerra contra Satanás começa dentro de nós mesmos. Eu estou falando de nós, que somos crentes nascidos de novo e da Igreja do Deus vivente. Se não dermos lugar ao diabo, teremos resolvido a guerra em grande parte. Hoje quero falar sobre o ataque de Satanás contra a Igreja.
Lendo no livro de Apocalipse 2.10, “Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida.” E logo passaremos para 1 Timóteo 4:1, “Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios….” E em Atos 5.3, “Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo…?” E finalmente Mateus 16:18, “…sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela….”
A primeira menção da Igreja nas Escrituras se encontra em Mateus 16.18, e está ligada ao atentado de Satanás contra ela. Isto deveria dizer-nos algo. Este Satanás com o qual estamos tratando sabe muito bem que há de ser ou a Igreja ou ele mesmo. Nesta primeira referência à Igreja ela está em guerra contra Satanás, e Jesus declara e ele não prevalecerá contra ela. Ainda que a derrota de Satanás está prometida, e em relação a Cristo esta derrota já foi lograda no Calvário, é claro que ele vai continuar a atacar-nos quando lhe damos lugar. Por qual razão Satanás, o ser mais elevado entre a criação de Deus e o mais poderoso do reinado angélico, atacaria meros seres humanos, mesmo os crentes desprezados pelo mundo? (1ª Coríntios 1.18-31). A resposta a isto é outra chave para esta guerra espiritual. Satanás odeia a Jesus, e Jesus mora em nós. Nós estamos aqui para sermos conformados à imagem dEle. A Igreja está aqui para manifestar a Jesus. Este é o motivo pelo qual Satanás ataca a Igreja.
Quando Jesus estava aqui na terra fisicamente, Satanás o tentava, o vigiava e o procurava matar. “A qual nenhum dos príncipes deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca crucificariam ao Senhor de glória” (1ª Coríntios 2.8). Finalmente Satanás logrou que Jesus fosse crucificado, mas ele mesmo se tornou o vencido, o perdedor para toda a eternidade. Jesus se ressuscitou em grande vitória e está assentado em honra e glória à destra do Pai. O diabo não pode mais tocar o corpo glorificado de Jesus (Lucas 24.39). O que ele vai fazer, então? Ele dirige a sua vengança ao corpo espiritual do Senhor aqui na terra, Sua Igreja comprada pelo Seu sangue (1ª Coríntios 12). A única maneira para ele atingir a Cabeça (Jesus) é atacar ao Corpo (A Igreja). Desta maneira nós podemos entrar na comunhão dos sofrimentos de Jesus, conforme Colossenses 1.24 onde Paulo diz: “… e na minha carne cumpro o resto das aflições de Cristo, pelo seu corpo, que é a igreja.”
No processo de descobrir como Satanás opera nos dias de hoje se revelam muitos aspectos aparentemente não relacionados. O trono de Satanás não se localiza no céu nem no inferno, mas está identificado com a terceira igreja local mencionada em Apocalipse 2.12 e 13: “E ao anjo da igreja que está em Pérgamo escreve…Conheço as tuas obras, e onde habitas, que é onde está o trono de Satanás….” É de admirar-se que a sede de Satanás não esteja em um boate, um prostíbulo, um cassino, uma prisão ou um templo pagão. Mas está em uma igreja. Apocalipse 2:24 nos declara que a doutrina dele se encontra numa igreja também. Satanás reconhece plenamente que se pudesse vencer a Igreja, teria ganhado o conflito dos séculos. Por isso Deus nos diz a nós, os que estamos unidos com Ele, que ao edificarmos a Sua Igreja tenhamos cuidado em seguir os Seus padrões. Se a verdadeira Igreja pudesse ser eliminada, Jesus teria mentido, O Pai teria fracassado, o Espírito Santo teria sido vencido e toda a humanidade estaria sob o domínio de Satanás. Não é surpreendente que não tenhamos enfrentado piores ataques? Deus em Sua misericórdia nos protege, como se vê no livro de Jó, capítulos 1 e 2.
Muito daquilo que hoje em dia chama-se igreja pouco se assemelha à concepção bíblica da Igreja. Satanás precisa combater somente a verdadeira Igreja. Ele logra muito mais através duma igreja falsa do que numa taberna. De modo que o seu ataque se focaliza inteiramente contra a verdadeira Igreja, aquele remanescente que tem recusado ser parte do sistema da prostituta. Esta Igreja que tem reconhecido que guardar a sã doutrina é requisito para ser a genuína Igreja do Senhor na terra. Tomemos uns minutos para examinar algumas coisas que Deus diz da Igreja. Aqui está o propósito e a função dela, lembrando sempre que a igreja consiste do povo e não do templo. Efésios 2.19-22 nos dizem que: “… vós juntamente sois edificados para morada de Deus em Espírito.” Isto estabelece o propósito da Igreja – uma morada para Deus. Em segundo lugar, a Igreja é um templo, um lugar onde os perdidos podem achar a Deus. esse corpo. No Dia de Pentecostes Ele assumiu outro corpo – a Igreja. E agora nós, como a Igreja, o corpo de Cristo, temos nos tornado o lugar de encontro de Deus e o homem. Nós somos a morada de Deus. Efésios 2.21, diz que somos um “templo santo”. Leia Efésios 3.7-10.
A Igreja aqui é o meio pelo qual a multiforme sabedoria de Deus é conhecida. Ela é o exemplo admirável de Deus para o mundo espiritual. Ela traz glória para Deus. Nela Deus coloca os homens que são dotados dos Seus dons: “E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores…” (Efésios 4.11). No versículo 12 do mesmo capítulo se diz que a Igreja é o instrumento para o aperfeiçoamento dos santos e a obra do ministério. Versículos 13 e 14 constam que ela é o meio para produzir a unidade da fé e levar os santos à maturidade e estabilidade na verdade. O versículo 16 consta que por meio dela se alcança o crescimento numérico e espiritual: “Do qual todo o corpo, bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do corpo, para sua edificação em amor.”
Em Efésios 5.21-33, temos outras declarações semelhantes que mostram a Igreja com a Noiva de Cristo.
O papel da Igreja se revela através de várias outras passagens da Escritura: em Mateus 18.15-17 e 1ª Coríntios 6.1-20 – é o lugar onde os crentes resolvem as suas diferenças; em Filipenses 4.10-19 – o lugar onde se contribui em conjunto para missões; em Atos 13.1-5 – ela é a agência que envia missionários; em 1ª Timóteo 3.5 – o lugar onde os crentes recebem cuidado como em família; em 1 Timóteo 3.13-15 – ela é a coluna e firmeza da verdade; Hebreus 2.11 e 12 – o lugar para cantar e louvar a Deus; Tiago 2.1-9 - o lugar onde não se faz acepção de pessoas; Apocalipse 2.2-4 – o lugar para trabalhar para Deus e julgar os falsos obreiros; Apocalipse 2.10 – o lugar para sofrer e passar tribulações para a glória de Deus; Apocalipse 3.8 – o lugar para aproveitar as portas abertas, as oportunidades que Deus dá. Tudo isto diz respeito o propósito de Deus para a Igreja.
Lembremo-nos sempre que a Igreja é um organismo criado por Deus e não uma organização feita pelos homens. Jesus deu a Sua vida por ela. Satanás fará tudo possível para impedir a Igreja na sua operação para cumprir o propósito de Deus. Quero mencionar vários ataques básicos de Satanás e como ocorrem. Em primeiro lugar está a perseguição. Às vezes a perseguição vem de fora, mas muitas vezes ela vem de dentro.
No Livro dos Mártires de Fox se registram muitíssimos ataques que vieram de fora. Jesus nos avisou deste perigo: “Se vós fósseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia… Se a mim me perseguiram, também vos perseguirão a vós…” (João 15.19 e 20); “Expulsar-vos-ão das sinagogas; vem mesmo a hora em que qualquer que vos matar cuidará fazer um serviço a Deus… no mundo tereis aflições…” (João 16.2,33). O livro de Atos registra casos de apedrejamento, açoites, prisões e mortes. Hoje em dia a Igreja está sendo atacada pelo Romanismo, o Islamismo, o Hinduísmo, o Budismo, o paganismo e o liberalismo. Não obstante, os ataques que vêm de dentro são uma ameaça muito mais perigosa. Segundo Judas, versículo 4 alguns se introduzem na Igreja para lhe fazer mal. 2ª Pedro 2.1 e 2 aborda o mesmo tema, declarando que “…introduzirão encobertamente heresias de perdição e negarão o Senhor que os resgatou….” Estes falsos ministros pelo engano atraem muitos seguidores e provocam uma pressão tremenda contra os que querem defender a fé. Eu tenho observado casos de igrejas que têm mandado os seus pastores embora porque eles não queriam ceder em relação à sã doutrina. Às vezes os membros alegavam que o pastor estava velho, mesmo ele sendo o pai espiritual de muitos deles. Acharam um pastor segundo o seu gosto e agora cumprem as palavras de 2ª Pedro 2:2, “E muitos seguirão as suas dissoluções….” Satanás é livrado de muitos problemas mediante uma situação destas.
Em sentido geral, a Igreja tem comprometido a verdade. A maioria dos crentes quer ouvir palavras suaves e receber profecias de coisas boas. Os ataques satânicos de dentro são mais dolorosos porque vêm através de crentes. Os ataques de fora pouco afetam a Igreja. Lembro-me de quando saiu um filme retratando a Jesus como um homossexual esta tal chamada igreja realizou demonstrações, desfilando pelas ruas para pressionar os cinemas a não passarem este filme. Alguns ligaram para mim, pedindo que eu desfilasse também. Mas eu os respondi: “Eu acho que não. Pois Jesus não precisa da minha proteção. Ele é Deus, e ainda seguirá sendo Deus quando todos estes que produzem tais filmes estejam no inferno.” Esse ataque externo não pôde fazer-nos mal. É Ananias e Safira que estão dentro que têm criado grandes problemas. É a perversão da mensagem e a falsa doutrina que é tolerada hoje em dia em nome da unidade que nos prejudica.
Nos dias atuais alguns dos nomes mais conhecidos no meio Pentecostal estão pregando que não importa o que cremos, pois Deus só olha para o coração. Satanás utiliza qualquer meio – acrescentando, eliminando, torcendo – para deturpar a verdade da Palavra de Deus. O exemplo disto foi: “É assim que Deus disse…?” (Gênesis 3.1), as primeiras palavras que Satanás dirigiu ao homem. Ele não tem mudado os seus métodos. Se ele fracassar em criar dúvidas em relação a Deus, ele procurará desequilibrar-nos, fazendo-nos dar muita importância às coisas mínimas e pouca importância às coisas de grande valor. As armadilhas que ele usa nesta área são demasiadamente numerosas para serem enumeradas. Neste processo o Espírito Santo é excluído. A maioria das igrejas poderia continuar 95% de suas atividades sem a presença do Espírito Santo. Ele é raramente consultado para receber a Sua direção, ainda que às vezes se pede a Sua bênção sobre um programa feito pelos homens. O nosso papel no programa de Deus não é fazer as decisões, senão seguir as Suas direções. Os programas não são um substituto pelo poder de Deus.
Havemos de retornar à liderança do Espírito Santo. João 17.14 nos ensina que deveríamos estar separados do mundo. E Tiago 4:4 diz que a amizade do mundo nos faz inimigos de Deus. Cristo colocou a Igreja no mundo, mas Satanás procura colocar o mundo na Igreja. Consideremos o barco como ilustração. O barco funciona maravilhosamente bem dentro da água, mas afunda quando a água entra nele. Satanás sabe que Deus irá corrigir uma igreja mundana, portanto ele procura colocar-nos numa posição onde Deus será contra nós. Outras áreas de falha nos roubam as bênçãos, o poder, o nosso testemunho, a pureza e as oportunidades. O inimigo desejaria fazer com que a nossa falta de firmeza pareça a virtude de flexibilidade. Ele tem ludibriado a mente de milhões de pessoas. Em nome do amor toleram o que é falso. Como Sansão, muitos têm crido esta mentira e perdido o seu poder. Isto tem trazido muita dificuldade para a Igreja.
Deus ensina claramente a separação do erro, tanto de doutrina como de prática. Ele tem permitido uma variedade de igrejas locais para poder suprir as necessidades de uma variedade de pessoas. Mas Satanás quer criar divisões entre as igrejas. Geralmente as divisões não se produzem por questões básicas, senão por personalidades: sentimentos pessoais, amizades pessoais, orgulho pessoal, lucro pessoal e outras questões egoístas. Satanás se deleita nas brigas dos crentes. Ele não gosta do conselho de Judas, versículo 3: “…exorto-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos.” Quando batalhamos pele fé estamos batalhando contra ele. A estratégia de Satanás é variada: Vencer-nos de vez (2ª Coríntios 2.11; 2ª Timóteo 2.26); remover-nos da batalha (1ª Coríntios 9.27); colocar-nos numa posição aonde Deus irá nos julgar e castigar (Atos 5.3-5); provocar-nos a lutar os uns contra os outros (Gálatas 5.15); instigar-nos a esquecer ou fazer mau uso da nossa armadura (Efésios 6.10-18). Se Satanás tiver êxito com qualquer destas estratégias, ele nos terá vencido e evitado que sejamos testemunhas de Jesus. Estamos envolvidos numa guerra. O nosso alvo é ser o que Deus quer que sejamos. Não estamos aqui para fazer com que Jesus seja o Senhor das nossas cidades no sentido político, mas estamos aqui para sermos o que Deus quer que sejamos e cumprir o propósito dEle em nossas vidas.
Pr. B. H. Clendennen Presidente da Escola de Cristo Internancional

sábado, 11 de abril de 2009

O Início do Pentecostes no Brasil

A chegada do Movimento Pentecostal em nossa pátria e a fundação da Assembléia de Deus estão diretamente ligadas entre si e também ao nome de dois jovens suecos, os quais foram alcançados nos Estados Unidos pelo monumental avivamento que se propagou pela América do Norte e Europa no início do século XX. São eles: Gunnar Vingren e Daniel Berg, que chegaram aos Estados Unidos premidos pela má situação econômica por que passava a Suécia.
No dia 19 de novembro 1910 os dois missionários que trouxeram a chama do Pentecostes ao nosso país chegaram na cidade de Belém do Pará, sem ter ninguém para recebê-los. Vingren e Berg passaram a residir numa das dependências do templo batista e logo que aprenderam as primeiras frases em português começaram a evangelizar e a ensinar, tanto acerca do batismo com o Espírito Santo quanto da cura divina, e não tardou para que o fogo pentecostal iniciasse no seio daquela igreja.
Deus marcou aquelas reuniões de maneira extraordinária, com demonstração de poder, cura divina e batismo com o Espírito Santo. A obra pentecostal estava nascendo em nossa pátria e logo se espalharia por todos os recantos do País.
-O Pentecostes em Solo Gaúcho
No Rio Grande do Sul, a obra pentecostal iniciou-se, de fato, em fevereiro de 1924, com a chegada do pioneiro sueco, o missionário Gustavo Nordlund, sua esposa, Elisabeth, e seu filho, Herbert, que vieram proclamar as Boas Novas do batismo com o Espírito Santo e dos dons espirituais, doutrina até então desconhecida no Estado, visto que nenhuma igreja já existente havia anunciado tais verdades bíblicas.
No dia 15 de abril de 1924 o primeiro culto foi realizado por Gustavo Nordlund, sob forte chuva, numa casa na Rua Maryland, esquina com a Rua Eudoro Berlink, em Porto Alegre. Naquela ocasião, José Corrêa da Rosa, 70 anos, converteu-se a Jesus e tornou-se o primeiro membro da futura Igreja Evangélica Assembléia de Deus em nosso Estado.
Nos anos seguintes a obra pentecostal continuou consolidando suas bases tanto na Capital quanto no interior. O missionário Gustavo Nordlund evangelizou várias localidades do Rio Grande do Sul, onde fundou inúmeras igrejas e congregações, e fincou para sempre os marcos da sã doutrina e dos bons costumes.
Gradativamente, a mensagem genuína do Evangelho foi sendo proclamada no solo gaúcho: em Caxias do Sul no ano de 1928; Arroio do Só em 1929; Porto Lucena em 1931; Santa Maria em 1932; São Luís Gonzaga em 1933; Palmeira das Missões e Passo Fundo em 1936; Uruguaiana em 1937; Nonoai em 1938; Rio Grande em 1940; General Câmara em 1941.
fonte igreja evangélica assembleia de Deus de viamão

segunda-feira, 30 de março de 2009

amor, o principio da salvação

Em primeiro lugar nesta postagem devemos compreender o significado da palavra
Amor, a luz da Bíblia, e do versículo usado para o post á saber GL 5:22.
Amor é a suprema expressão da lealdade, pureza e misericórdia de Deus pela humanidade.
Amor é também se tratando do homem para com o próximo, e em relação a Deus uma suprema e sublime expressão de lealdade, pureza e misericórdia, esta em relação ao próximo.

O texto bíblico de João 3:16 nos fala da maior expressão do amor de Deus para conosco que nos diz:
“Porque Deus amou o mundo (humanidade) de tal maneira que deu (entregou a morte) o seu filho unigênito (Jesus cristo) para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”.

No antigo testamento para que um pecador recebesse o perdão por seus pecados ou delito, deveria sacrificar um animal, geralmente um cordeiro, sem manchas, sem mácula, sem defeitos.
Em uma narração fantástica da pessoa de Cristo, fazendo assim uma prefiguração de Cristo como cordeiro que tira os nossos pecados pela eternidade. Leia Isaias 53: 1-12 (ler atentamente).
Vejamos também as palavras de João batista em João 1: 29-34já no novo testamento, a confirmação de que o filho de Deus, a maior manifestação de amor do universo veio a este mundo, entre os homens para resgatar o que se havia perdido (o amor e a dignidade dos homens).
Em provérbios 10: 12 nos diz: “o ódio excita contendas, mas o amor cobre todas as transgressões”.
O que vemos hoje e no passado é ódio,maldade, contendas, famílias destruídas (falta de união familiar) vidas destroçadas pelas mãos perversas de satanás, mas nem tudo esta perdido.
Em Mateus 18: 11 nos diz: “porque o filho do homem veio salvar o (cobrir as transgressões) o que se tinha perdido ( a humanidade)”.
A expressão mais sublime do amor é o sangue de Cristo o cordeiro sobre nós.
II cor 5: 14-15 o amor de cristo nos constrange, nesta passagem quer dizer que controla nossas vidas, pois nos diz o versículo 17 o seguinte “assim, se alguém esta em Cristo, nova criatura é as coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo”.
Isto é Deus em cristo reconciliando o mundo, assim diante de Deus agora somos ( nós os salvos) novas criaturas diante de Deus como a imagem e semelhança do próprio Cristo, que assume nossa posição nos inocentando diante de Deus ( reconciliação, perdão dos pecados, reaproximação de Deus).
Isaias 63: 9 com amor Deus conduz a seu povo, conduz a vida, a salvação e nos toma para si .
Desta condução a salvação leia salmo 91: 14-16.
De Deus toma para si. Leia Malaquias 3: 16-18 ( especialmente v. 17) “peculiar tesouro”.
Deus pelo seu amor, nos da vitória nas lutas desta vida que é comparada com um deserto seco, e cheio de provas Mateus 24: 13 “mas aquele que perseverar até o fim será salvo”.
Vejamos no livro de Cantares 8:5 “quem é esta que sobe do deserto e vem
encostada tão aprazivelmente ao seu amado?”.
Esta é a igreja vitoriosa, cada um de nós que persevera e se mantém firme no dia da angustia ( leia Salmos 50: 15 e 120: 1 ) a vitória vem em nome de Jesus.
Devemos amar a Deus, sermos verdadeiramente apaixonados pelo senhor, como ele ardentemente deseja nos atrair para sua benignidade eterna. Vejamos Jeremias 31:3 “há muito que o senhor me apareceu, dizendo: com amor eterno te amei também com amável benignidade te atraí”.
O principal atrativo em nós deve ser Deus na expressão do seu amor ( Cristo) e repito as palavras de Moisés em um altar, após uma grande vitória chamou este altar “O Senhor é minha bandeira”.
Este deve ser mostrado, erguido em nossas vidas para uma vitória completa.
E num sentido geral para a humanidade e expressando o seu amor, Cristo disse em João 12: 32 “e eu quando for levantado da terra, todos atrairei a mim”.
João 15:9 Jesus nos atrai e pede que permaneçamos no seu amor, assim como Deus o amou ele também nos amou, e por esse amor se entregou a morte pois ninguém poderia tirar a sua vida, sem ele mesmo a entregar.
João 15: 10 o amor carnal ou pelas coisas materiais não dão alegria completa, pois não podem preencher o vazio de nossas almas e muito menos mover nossos espíritos amortecidos pelo pecado. “Mas o amor de Cristo que excede todo entendimento, para que sejais cheios de toda plenitude de Deus”. Efésios 4: 19 plenitude esta que nos da a certeza de uma felicidade completa ( leia Ef 3: 14-21).
João 15: 13 Amar aos outros é nosso dever, mas ninguém tem amor maior do que Cristo, que deu sua vida por nós sendo assim um amigo, irmão, redentor, reconciliador, propiciador, advogado, pai, pastor e tantas outras palavras de gratidão que não caberiam nas paginas de todos os livros do mundo.
Romanos 5: 5 “E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nosso coração pelo Espírito santo que nos foi dado” A esperança da humanidade é o amor de Deus. Veja também romanos 5: 8 que diz “mas Deus prova seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores”.
e esperança esta que lemos em Colossenses 1: 27 “Aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós esperança de glória “.
Romanos 5: 6 não diga que é pecador demais para receber o amor de Deus, pois este amor traz o que mais necessita a humanidade, o perdão, através do sacrifício do justo Jesus, que opera em nossos corpos, almas e espíritos ( leia romanos 6: 23).
Romanos 8: 31-39 A vitória nos é conferida pelo amor de Deus, no versículo 37 nos diz: “Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores por aquele que nos amou”.
Romanos 8: 1 nos diz a palavra de Deus que nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.
Por esse amor imenso temos além da alegria completa a vitória e a certeza de estarmos livres de toda a condenação do mundo, pois se Cristo vive verdadeiramente em mim posso repetir as palavras do mestre “Quem dentre vós( do mundo)me convence do pecado”. O que obedece a Deus não entra em pecado.
Romanos 5: 19 porque como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim, pela obediência de um, muitos serão feitos justos.
Romanos 8: 38-39 nos da a finalização deste post .
Porque estou certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente e nem o por vir;
Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso senhor!”
Nada neste mundo ou fora dele pode te separar deste amor, Deus esta acima de nós, mas se você se ajoelhar e clamar poderá alcançá-lo. Se você estiver em uma cova profunda basta gritar bem alto: ouve senhor, a causa justa, atende ao meu clamor, da ouvidos a minha oração, que não é feita com lábios enganosos”Salmos 17:1

terça-feira, 17 de março de 2009

o que a igreja tem feito?

Vendo o caso da menina que foi estuprada e engravidou de gêmeos, ninguém pode deixar de notar a repercussão que o caso teve, principalmente sobre a maneira que a igreja católica se manifestou, excomunhões e muito pano pra manga desta historia que tomou rumo internacional, chegando a Roma e acendeu no cenário mundial a questão do aborto.

Repudiado por uns, defendido por outros, também faz parte da cultura de alguns paises (não vou nomear para não criar nenhum conflito diplomático, pois minha intenção é apenas expressar o que sinto a respeito disso).

( aborto é atentado contra a vida, estupro é atentado contra a vida, pai que abusa dos filhos é abominável aos olhos de Deus, mãe ausente não tem virtude, a igreja só se manifesta depois do acontecido e isto é descaso com o próximo, reprimir o fato é questão governamental, criando e pondo em funcionamento pleno seus programas sociais, mas também é questão cristã, questão de não mais se omitir ao que acontece em suas comunidades, e fazer missão local.discutir um assunto de tamanha seriedade é algo muito complicado e de muitos pontos de vista diferentes, eu sou contra o aborto mas me dói profundamente saber que uma menininha foi estuprada e passa por uma gravidez forçada, tenho três filhas e sei da responsabilidade que tenho, tanto como pai e como ministro de Deus, vejo no caso da menina que é fruto de uma sociedade cada vez mais corrompida, desestruturação familiar e perda de valores morais e ético-sociais, governo omisso+família sem instrução( cristã )+igreja inerte(nesse caso a igreja em questão é a católica) = casos que causam revolta e divisão de opiniões,pois são casos cada vez mais incomuns e podres. que Deus tenha misericórdia de nós e nos ajude a continuar a trabalhar arduamente em nossas comunidades, para que por ventura salvemos alguns do fogo do inferno!)

Este é o comentário que fiz no tópico do pr.Cruzué, é o comentário sobre a inércia da sociedade em geral, o que inclui governo, igreja, família, as três partes em questão, mas o que trago aqui não é um ataque ao governo e muito menos as famílias, mas sim, um apelo às igrejas em geral (pois sei que este é um espaço em que pessoas de varias denominações participam, e entre nós muitos são lideres de comunidades cristãs).

O que nós como igreja, de Cristo, temos feito para retardar os efeitos da atuação maligna nas comunidades em que vivemos?

Visto que muitas igrejas tem se encolhido, e passando a viver apenas com os poucos membros que tem, e não falo das nossas grandes sedes ministeriais, em que todos ou quase todos trabalham em prol do crescimento do reino, vejo com base na igreja em que congrego e sou ministro, as igrejas sede tem inúmeros movimentos são de fácil acesso e muita gente quer estar ali.

Até mesmo pelo estatos de congregar em uma igreja sede, linda cheia e exuberante!
Mas os grandes templos estão situados geralmente em grandes centros, ou lugares bem localizados e de fácil acesso, o que faz com que se tornem visadas e visitadas com mais freqüência.

Mas existem as pequenas congregações, que estão situadas nos locais mais longínquos e muitas vezes de difícil acesso, o que não é desculpa claro, para servir a Deus, são essas as congregações as responsáveis por levar a palavra à parte mais carente da comunidade, são congregações que sofrem com a falta de estrutura e de obreiros capacitados para desenvolverem o serviço cristão nestas comunidades.

Sei que existem muitas igrejas bem equipadas com material físico e humano também, mas estou expressando uma realidade que presencio onde levo a palavra, dou preferência as comunidades mais pobres, pois é ai que o inimigo mais atua, pelo menos é o que vejo por aqui, onde ando me deparo com pessoas sem esperança, falta comida, emprego, amor, saneamento, segurança e apoio.

Dou preferência a essas igrejas, pois o que faria eu em um lugar cheio de pessoas que fazem o mesmo que eu faço? Essa é a pergunta que me faço todas as vezes que tenho de ministrar em um templo sede, e penso neste momento poderia estar fazendo um culto publico em uma vila! Nós nos preocupamos e não é errado em fazer missão transcultural, mas nos esquecemos muitas vezes de fazer a missão local.

Entrar nos becos e nos valados, chamar todos os esquecidos ao grande banquete, com Cristo.
Vamos sair das sedes e nos dividir nesta missão, e não entregar os mais pobres nas mãos de iniciantes, digo isso pois vejo muita coisa por onde ando, a falta de preparo de alguns obreiros é algo terrível e pode matar uma igreja, e por conseqüência desperdiçar muitas almas.

O trabalho parece pequeno, mas feito por muitos em muitas comunidades, é de efeitos poderosos, provei e provo dos trabalhos com comunidades pobres, e vou deixar aqui dois testemunhos, três irmãos e eu fomos fazer culto ao ar livre na comunidade mais pobre de porto alegre, cidade vizinha a nossa, poucas pessoas apareceram, na maioria crianças e senhoras crentes moradoras do local, ali onde instalamos nosso aparelho de som era um lugar alto, de onde tínhamos uma visão geral da vila.

Então sabíamos que o som se propagaria bem, naquele dia ministrei sobre efésios 4:27 não deis lugar ao diabo! Foi uma benção o culto, mesmo com poucas pessoas, mas enquanto recolhíamos o nosso material e conversávamos sobre se voltaríamos ali, vieram as surpresas, a palavra fez efeito á distancia, varias pessoas subiam até onde nós estávamos pedindo oração em suas casas, e mesmo sabendo que demoraríamos muito para atender a todos nós fomos casa por casa, orando, pregando, aconselhando.

Deus fez a sua obra, outro testemunho é de quando cuidava de um grupo, denominado na minha igreja como grupo de amigos, consiste em um grupo de oração e apoio a pessoas com todo tipo de dificuldades, estes grupos não funcionam geralmente nas igrejas, mas sim em locais cedidos nas casas dos participantes dos grupos, de preferência nas comunidades, vamos de casa em casa convidando e fazendo um levantamento sobre pessoas necessitadas da comunidade.

Por fim marcamos nossas reuniões e ali todos participam da palavra, dão testemunho, e falam com liberdade sobre seus problemas, já fui líder de grupo e também diretor dos grupos do meu setor, e quando dirigia um grupo passei por inúmeras situações que me entristeciam muito, e depois de algum tempo trabalhando um dia com vinte pessoas, outro com duas, outro ficávamos somente eu e meu irmão em Cristo, Paraguassu, então orávamos por fruto no nosso trabalho, pois tínhamos feito tudo que era possível, convidando as pessoas, lembro de um dia de temporal em que tinha grupo marcado, coisa de uns três a quatro quilômetros de minha casa, pensei em não ir, pois a chuva me convencia a não sair.

Minha filha mais velha era da idade de quatro anos, e estávamos sós em casa, mas resolvi pegar ela e ir assim mesmo para orar, guarda-chuva em uma das mãos, a menina no colo, o vento levando o guarda-chuva a menina chorando os braços doendo, e eu no meio do caminho pensei, não vai ter ninguém lá, estou sofrendo á toa, não vale a pena sair de casa a noite com chuva, só para ir onde não tem ninguém, poderia estar orando em casa, mas imediatamente o Espírito santo me puxou as orelhas e disse “ele (Cristo) sofreu muito mais por ti e não se molhou com chuva e sim com seu próprio sangue, sejas crente e não vacile o teu pé!

Inevitavelmente cai em choro e continuei minha caminhada, chegando lá, vi e me alegrei muito com dezessete pessoas que me aguardavam, molhados e ansiosos por ouvir algo de Deus, e por isso digo á você caro irmão: o que a igreja está fazendo!

quarta-feira, 11 de março de 2009

mansidão.

Agradeço a você caro leitor por prestigiar este tema maravilhoso, neste postagem breve , mas de grande eficácia para nossa caminhada cristã , iremos abordar sobre a MANSIDÃO que é não menos importante que os outros temas que vimos até aqui .

A primeira perspectiva que quero trazer é a da definição do termo mansidão, vale ressaltar que não sou nem um erudito, ou mestre diante dos homens, mas sou apenas um homem inspirado pelo Espírito santo, á falar das virtudes santas do DEUS que é santo eternamente, a definição que apresento possui quatro termos.

E os termos que escrevo são os seguintes:
- GENTILEZA, SUAVIDADE, BRANDURA E SUBMISSÃO.
E estão presentes naquele sujeito que não pensa somente em si ou em grandes coisas mas antes pensa em levar o melhor de si para tantas pessoas que se encontram perdidas e sem nem um estimulo para viverem.

Este sujeito é aquele que segue as palavras de CRISTO e as cumpre como esta escrita em MT. 11:29 “tomai sobre vós o meu jugo , e aprendei de mim , porque sou MANSO e humilde de coração ; e achareis descanso para vossas almas.” É esta mansidão que devemos insistir em alcançar para que por ventura cheguemos a plenitude da perfeição que é este que nos chama a aprender com ele JESUS O CRISTO.

O descanso da alma que vemos no versículo citado acima, é bem interpretado como a salvação, que só recebe aquele que segue fielmente as palavras proferidas por Jesus, tomar o jugo e aprender da mansidão e da humildade.
MANSIDÃO É PRÉ-REQUISITO PARA A SALVAÇÃO! SL: 149b “ele adornara os mansos com a salvação”.

Vemos aqui a salvação como um adorno maravilhoso para ser visto por todos com honraria, e também como o premio (galardão) que receberemos das mãos do senhor Jesus, salvação que somente alcançara aquele que permanecer firme, convicto, fiel até a morte ou o tempo em que Jesus virá buscar a sua igreja para adorná-la com a salvação.

NM 12:3 Moises exemplo de mansidão, é claro que o nosso maior exemplo de mansidão foi e é o próprio senhor Jesus, mas entre os homens o que me chamou mais atenção foi Moises, a vida deste homem nos mostra como Deus peleja pelos seus mansos, pelos seus escolhidos ,quando por razão de ciúme Miriã e Arão contenderam contra Moises , pois Deus o usava mais do que a eles o senhor se manifestou da seguinte forma.
Vejamos o que diz o versículo citado acima e também os subseqüentes:
A SEDIÇÃO DE MIRIÃ E ARÃO.
E era o varão Moisés mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra.
E logo o senhor disse a Moisés, e a Arão, e a Miriã.: vos três sai á tenda da congregação . E saíram eles três.
Então, o senhor desceu na coluna de nuvem e se pôs á porta da tenda; depois, chamou a Arão e a Miriã, e eles saíram ambos.
E disse: ouvi agora as minhas palavras; se entre vós houver profeta, eu, o senhor, em visão a ele me farei conhecer ou em sonhos falarei com ele.
Não é assim com meu servo Moisés, que é fiel em toda a minha casa.
Boca a boca falo com ele, e de vista, e não por figuras; ele vê a semelhança do senhor; por que, pois, não tivestes temor de falar contra o meu servo, contra Moisés!
Assim a ira do senhor contra eles se acendeu; e foi-se.
E a nuvem se desviou de sobre a tenda; e eis que miriã era leprosa como a neve; e olhou Arão para miriã, e eis que era leprosa.
Pelo que Arão disse a Moisés: ah! Senhor meu! Ora, não ponhas sobre nós este pecado, que fizemos loucamente e com que havemos pecado!
Ora, não seja ela como um morto, que, saindo do ventre da sua mãe, tenha a metade da sua carne já consumida.
Clamou, pois, Moisés ao senhor, dizendo: ó Deus rogo-te que a cures.
Aqui vemos claramente Moisés, mesmo diante da indignação de Deus, momento em que poderia facilmente pedir a destruição daqueles que estavam conspirando contra ele, mas pelo contrário, ele rogou á Deus que passasse deles a sua ira; que maravilhoso exemplo nos dá este homem, sujeito as mesmas intempéries que nós, em vez de destruir,
Roga por vida.
SALM 25:9 neste salmo nós vemos a importância da mansidão e da humildade pois são elas importantes fatores para ter intimidade com Deus;é nos indivíduos com estas características que vemos as mais fantásticas manifestações de Deus,manifestações provenientes desta comunhão intima com o pai(guia os humildes na justiça e ensina aos mansos o seu caminho)
Deus tem intimidade com os que o temem e se apartam da soberba SALM 25:14 ( a intimidade do senhor é para os que o temem. Aos quais ele dara a conhecer a sua aliança).

SALM 37:11 os mansos os que esperam no senhor herdarão a terra e se deleitarão na abundancia de paz, existe uma terra prometida, não uma terra aqui no plano físico`mas uma terra espiritual onde viveremos a servir o nosso Deus.
AP 21:1 o novo céu e a nova terra a herança dos mansos o descanso para as almas.
Leia AP 21:1Á7
JER 11:19 o diabo e o mundo conspiram contra nossa salvação, mas, Deus nos revela o mal tramado contra nós como fez a Jeremias JER 11:18, querem acabar com nossos frutos, com nosso corpo e até mesmo com nossa memória, pois tem como que comichões nos ouvidos e só querem ouvir coisas boas e não os seus podres revelados.

2TM 2:24 nós devemos ser manso para com todos ensinando o caminho da salvação, JESUS O CRISTO, e se alguém nos ataca, saibamos que a vingança é do senhor.

1PD 3:4 seja, porem, o homem interior do coração, unido ao incorruptível de um espírito manso e tranquilo, que é de grande valor diante de Deus.
Aqui falamos do coração que é também visto como o lugar das emoções, pensamentos e intenções, melhor traduzido como mente ou alma, parte vital do homem, é o que o difere do irracional, é o que o torna um ser com a capacidade extraordinária de agir pela razão, é vista na bíblia como sopro de Deus “E o homem passou a ser alma vivente” .

Com base na razão que temos, é justo que demonstremos nossa mansidão em nossas palavras e atos, expressando o que temos na nossa alma, se temos mansidão de alma a mostraremos também fisicamente.
MT 15: 18, mas o que sai da boca, vem do coração...
19, porque do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfemias.
Os que procedem de tal maneira não herdarão a benção dos mansos.
E para encerrar esta postagem veja o que diz em AP 21:8 QUANTO, POREM, AOS COVARDES, AOS INCREDULOS, AOS ABOMINAVEIS, AOS ASSASSINOS, AOS IMPUROS, AOS FEITICEIROS, AOS IDOLATRAS, E A TODOS OS MENTIROSOS, A PARTE QUE LHES CABE SERA NO LAGO QUE ARDE COM FOGO E ENXOFRE, A SABER, A SEGUNDA MORTE.

 GRAÇA E PAZ!http://andreferreiracomcristo.blogspot.com

sábado, 7 de março de 2009

Conhece-te a ti mesmo!


a paz do senhor Jesus a todos os queridos leitores.
filosofando sobre o conceito,conhecer a ti mesmo, cai em um pensamento profundo sobre o que seria realmente conhecer a si mesmo.

a partir de então comecei a analisar a mim e também outras pessoas, para ver se chegaria a uma conclusão pelo menos lógica sobre este assunto, e notei no tocante a mim que é muito difícil saber quem somos realmente, pois é muito fácil dizer o que gostamos de ser ou de fazer, e ,nos iludimos tanto a respeito disso que acabamos nos tornando não o que somos, mas, aquilo que a família e a sociedade em geral quer que sejamos.

vivemos em um mundo em que as aparências são mais importantes que a pessoalidade de cada individuo.

e analisando mais profundamente a mim mesmo, descobri que conheceria-me mais e melhor, se eu passasse a viver com a minha própria razão, pois ela é que tem a capacidade de me formar como um individuo único, impar e não um mero produto que uma sociedade consumista de seres espera que eu seja.

e para ser breve, a conclusão que tiro disso é, conhecer a si mesmo é conhecer-se de dentro para fora, a razão expressando as emoções e não as emoções e estímulos externos dominando a minha razão.

ou seja devemos seguir o que esta escrito em romanos 12.1,2 devemos usar de uma fé racional, que domina todo o nosso ser, esta é a verdadeira razão, servir á Deus por vontade própria, sendo você mesmo á tomar esta decisão, você conhece a si mesmo?
em mateus 12.33 a bíblia nos fala que é pelo fruto que se conhece a arvore, o fruto vem de dentro, vem daquilo que somos, mostre ao mundo que você produz fruto de acordo com o que você é, tenha certeza sem titubear de que é um cristão verdadeiro, e não um estereótipo de uma sociedade corrompida! GRAÇA E PAZ!

quarta-feira, 4 de março de 2009

vitupério, cruz, sangue, nova vida!



Vitupério, cruz, sangue, nova vida!

Vivemos em tempos em que tudo tem suas facilidades, trabalhamos, comemos do fruto do nosso trabalho, tiramos tempo para o nosso lazer com a família, em fim aproveitamos todo o conforto que alcançamos com nossos esforços, gostamos das facilidades da vida moderna, e nos acostumamos tanto com estas coisas que quando vem uma luta, o mundo parece desabar sobre nossas cabeças.

Mas olhe com os olhos da Fé para os acontecimentos relatados na palavra de Deus, os quais eu vou relatar neste texto, prepare o coração e a mente, de uma sacudida na sua alma e reflita no que vai ler, como se fosse você vivenciando estes momentos.

Um caminho longo e árduo é o que separava ele, do propósito de Deus, e a sua oração dizia “pai se for possível passa de mim este cálice...” ele poderia ter desistido e fugido para poupar a sua própria vida, mas ele encarou de frente a situação, era necessário o seu vitupério, depois de tantas caminhadas chegou o momento em que esta seria a ultima daquele ciclo de sua vida.

Agora esta nas mãos de seus algozes, socos, tapas, correntes, pauladas, cuspidas em sua face, açoites e todo o rigor do castigo destinado a um condenado da época, é tomado para ser humilhado, privada e publicamente, nos dias de hoje descrevem estas coisas terríveis das mais variadas formas, mas não da que traz á realidade da situação.

Uma situação desesperadora, encurralado e sozinho, abandonado até por aquele que dizia que morreria com ele se fosse preciso, agora começava um caminho sem volta, o corpo cheio de ferimentos gravíssimos, na cabeça uma coroa cheia de espinhos encravados no seu crânio, empurrões, mais chutes, mais açoites, mais socos, mais cuspidas, agora já desfigurado, chegou o momento de carregar o instrumento em que vai dar a sua vida.

A cruz simboliza o altar de sacrifício agora, vendo os sacrifícios pagãos, sabemos que suas grandes maiorias eram feitos em bosques, á sombra de belas arvores, em lugares lindos que escondiam a realidade do sacrifício, transformando em algo agradável aos olhos, mas os sacrifícios feitos á Deus pelo seu povo deveriam seguir as suas instruções, sem artifícios humanos, lugar aberto, pedras não lavradas “Ex 20.24,25” um lugar de conscientização.

Conscientização de que a remissão dos nossos pecados requer o sangue de um inocente, e lá vai ele seguindo seu caminho carregando a pesada cruz passos lentos dor, sofrimento, cansaço, e mais açoite, em certo momento cai por não suportar o peso, então constrangem um estrangeiro para lhe ajudar, há este estrangeiro! Que olhando para nossas vidas espirituais podemos vê-lo como o espírito santo que nos auxilia nas horas mais difíceis.

Este caminho sem nenhum atrativo para os olhos, agora banhado em sangue suor e lagrimas, o terror estampado nos olhos de quem presenciava, chegava mais próximo do local da crucificação, local terrível cheio de lembranças de mortes, o cheiro deste local não é nada agradável, pois ali se derramou muito sangue, pense no significado da palavra “quem não toma a sua cruz e não segue após mim não é digno de mim.” Mt 10.38”, pois amado, viver na benção todo mundo gosta, mas quando chega o momento de tomar a cruz e sacrificar-se!

Volte ao texto e realize em sua mente este momento, o de ser pregado na cruz, é jogado violentamente sobre ela, é pregado sem dó, os cravos atravessando seus pés e mãos, o sangue que ainda lhe resta jorra neste momento, sangue para a remissão dos pecados de muitos, o sangue da nova aliança, o sangue de Cristo, é levantada a cruz “e eu, quando for levantado da terra, todos atrairei á mim.” Jo 12.32.

Os últimos vestígios de seu sangue vertem agora, á agonia, o abandono, o ultimo suspiro e o brado “Pai está consumado”, e a entrega do espírito, o sacrifício está feito, ali mesmo o ladrão arrependido recebeu a promessa da salvação, para aquele mesmo dia, a terra treme o sol esconde a sua luz, o véu do templo se rasga, esta aberto o caminho da comunhão direta entre Deus e o homem.

É atravessado com uma lança e do seu lado furado, sai sangue e água, sangue para a remissão dos pecados e água para a purificação da alma, esta sem vida o corpo, é hora de tirá-lo da cruz, o evangelho de João diz que havia um jardim ali próximo ao local da crucificação, que surpreendente, próximo de um lugar de morte um local que expressa a vida.

Mas espere, neste jardim existia um sepulcro, onde foi colocado o corpo do mestre, este era o lugar que em três dias ele ressuscitaria, e aconteceu tudo conforme o plano de Deus, foi feito o sacrifício perfeito, ele venceu e entregou a vitória á todo aquele que crê na sua palavra e nas sua obra redentora.”no mundo tereis aflições, mas tende bom animo, eu venci o mundo”Jo 16.33.

Se o carregar a sua cruz se tornou impossível para você, saiba que tem um estrangeiro enviado para te ajudar, e saiba que após o vitupério, após a cruz, após ter dado tudo de você e chegar ao final da vida crucificado, ali passando o lugar de morte, existe um jardim um lugar de descanso e refrigério, existe um jardim, e neste jardim está o sepulcro da ressurreição.

Gl 2.20 já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne vivo-a na fé do filho de Deus, o qual me amou e se entregou a si mesmo por mim.
Que a graça de Deus ilumine o vosso entendimento, graça e paz!
Divulgue esta mensagem!!!

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Últimos tempos! Estão pregando escatologia em vez de salvação?

Visitando as igrejas, ouvindo o rádio e assistindo os programas cristãos na televisão e até mesmo acompanhando inúmeros sites evangélicos, me deparei com uma situação um tanto quanto desesperadora “nossos pregadores estão pregando escatologia”; você pode até pensar que não tem problema, mas o negócio é mais serio do que se pensa.

Pois as pessoas que não tem nenhum conhecimento bíblico concreto, estão ouvindo falar de coisas que só um crente experimentado pode compreender, ou pelo menos deve.
Procurei conversar com pessoas que estão indo a pouco tempo na igreja e também falei com algumas que acompanham os programas de radio e tv, e nestas conversas nota-se claramente que as pessoas conhecem muito pouco o evangelho, mas estão muito inteiradas em assuntos escatológicos, o que me preocupa é que os colegas pregadores estão preparando pessoas para ficarem na terra após o arrebatamento da igreja.

Muitos pregadores estão buscando aprimorar-se com assuntos que cativem o publico, mas estão se distanciando do evangelho da salvação, e assim estão alcançando níveis altíssimos de conhecimento, mas, estão deixando de ganhar almas, para produzir um exercito de pessoas preparadas para não serem salvas, satanás se aproveita da fome de grandeza de alguns homens para plantar a sua semente de engano “de á eles o que eles querem, ou seja, deixe-os curiosos, mas sem entendimento” (Jo 10.10) ele é especialista em tirar a atenção do homem das coisas de Deus.

Não quero dizer que não devemos pregar escatologia, pelo contrário temos que nos inteirar destas coisas (Os 6.3), mas, nós os crentes salvos é que devemos buscar estas coisas, e nós, devemos pregar para os leigos o evangelho da salvação, para produzirmos boa semente, uma planta não produz outra planta já crescida, não é? E um ser humano não gera outro ser humano já adulto, certo?

Devemos produzir bons frutos para Deus, temos de produzir frutos completos, sem defeitos, para isto devemos tomar todo o cuidado necessário, para que se gerem novos crentes sem apressar sua geração, mas antes, que passem por todas as etapas do crescimento cristão sem pular nenhuma, para que não se gerem anomalias, e sim, o melhor de nós para Deus, a escatologia nos manda produzir bons frutos.
Espero que esta postagem nos abra os olhos para fazermos o que é verdadeiro.“Mt 3.10 Já está posto o machado á raiz das arvores; toda arvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada ao fogo” graça e paz, em nome de Jesus, amém!

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

A musica nos tempos atuais mesmo com motivos evangélicos,converte o pecador ou degenera o crente?

Ouvindo falar de musicas com motivos evangélicos não precisei ir muito longe para descobrir de que se tratava, musicas de vários ritmos, é e dos mais variados, um ritmo que me chamou a atenção foi o funk, que muitas pessoas dançam freneticamente nos chamados bailes funks, é uma mania nacional no momento, mulheres seminuas, letras que remetem ao crime ou fazem apologia às drogas ou a sensualidade e sexualidade também, tem também os que não fazem sentido algum, mas não tem problema, sempre tem alguém que “curte” esse ritmo não importando a maneira que é apresentado.

O que me preocupa mais do que a degeneração social que tais ritmos produzem, é que agora existem funks que copiam letras de musicas evangélicas, a principio parece ser
muito bonito um funkeiro convertido, opa eu disse convertido?
É o que muita gente está dizendo, sabe o fulano se converteu e fez um funk para Jesus!
Funk para Jesus? Pense agora, Deus aceita um ritmo mundano e sensual para a sua adoração? Ou ainda pense, Deus aceita que seu povo alie-se com ritmos mundanos?
Procure pensar com base na palavra de Deus e não com visão a humana de que tudo é aceitável quando é feito para Deus.

Vejamos o que diz a palavra de Deus sobre aliança com outras culturas.

1 Jo 2.15,16 “não ameis o mundo, nem o que no mundo há.se alguém ama o mundo,o amor do pai não está nele.porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do pai, mas do mundo.”
A palavra “mundo”(no grego,kosmos) frequentemente se refere ao vasto sistema da vida desta era, fomentado por satanás e existente á parte de Deus.consiste não somente nos prazeres obviamente malignos, imorais e pecaminosos do mundo, mas também se refere ao espírito de rebelião que nele age contra Deus,e de resistência ou indiferença á ele e á sua revelação. Isso ocorre em todos os empreendimentos humanos que não estão sob o senhorio de Cristo. na presente era, satanás emprega as idéias humanas de moralidade, das filosofias, psicologia, desejos, governos, cultura, educação, ciência, arte, medicina, MÚSICA, sistemas econômicos, diversões, comunicação de massa, esporte, agricultura, etc; para opor-se á Deus, ao seu povo, á sua palavra e aos seus padrões de retidão(mt 16,26; 1 Co 2.12; 3.19; Tt 2.12; 1Jo 2.15,16; Tg 4.4; Jo 7.7; 15.18,19; 17.14) .
Por exemplo, satanás usa a profissão medica para promover a matança de seres humanos nascituros; a agricultura para produzir drogas destruidoras de vidas, tais como o álcool e os narcóticos; a educação, para promover a filosofia ímpia humanista; e os meios de comunicação em massa, para destruir os padrões divinos de conduta.
Os crentes devem estar conscientes de que, por trás de todos os empreendimentos meramente humanos, há um espírito, força ou poder maligno que atua contra Deus e a sua palavra.
Em alguns casos, essa ação maligna é menos intensa; noutros casos, é mais. Finalmente, o “mundo”também inclui todos os sistemas religiosos originados pelo homem, bem como todas as organizações e igrejas mundanas, ou mornas.
Satanás é o deus do presente sistema mundano (Jo 12.31). ele o controla juntamente com uma hoste de espíritos malignos, seus subordinados(Dn 10.13; Lc 4.5-7; Ef 6.12,13).
Satanás tem o mundo organizado em sistemas políticos, culturais, econômicos e religiosos que são inatamente hostis á Deus e a seu povo(Jo 15.18,19) e que se recusam a submeter-se á sua verdade, á qual revela a iniqüidade do mundo (Jo 7.7).
O mundo e a igreja de Deus são dois tipos distintos de povo. O mundo está sob o domínio de satanás (Jo 12.31); e a igreja pertence exclusivamente á Deus(Ef 5.23,24; Ap 21.2)por isso, o crente deve ser separado do mundo, no mundo os crentes são forasteiros e peregrinos(Hb 11.13; 1Pe 2.11) não devem pertencer ao mundo(Jo 15.19), não se conformar com o mundo(Rm 12.1,2), não amar o mundo(1Jo 2.15) , vencer o mundo(1Jo 5.4), odiar a iniqüidade do mundo(Hb 1.9), morrer para o mundo(Gl 6.14), e ser libertos do mundo(Cl 1.13).

Amar o mundo corrompe nossa comunhão com Deus e leva a destruição espiritual. É impossível amar o mundo e ao pai ao mesmo tempo(Mt 6.24); (Lc 6.13), amar o mundo significa estar em comunhão com ele e dedicar-se aos seus valores, interesses, caminhos e prazeres.
Significa ter prazer e satisfação naquilo que ofende a Deus e que se opõe a ele, note é claro, que os termos “mundo”e “terra”não são sinônimos; Deus não proíbe o amor a terra criada e a natureza.
Três aspectos do mundo moderno são abertamente hostis a Deus: (a) “a concupiscência da carne”, que inclui os desejos impuros e a busca de prazeres pecaminosos e a gratificação sensual(1Cor 6 18-20).
(b) “a concupiscência dos olhos”, que se refere a cobiça e aos desejos descontrolados por coisas atraentes aos olhos, mas proibidas por Deus, inclusive o desejo de olhar para o que da prazer pecaminoso. Nesta era moderna, isso inclui o desejo de divertir-se contemplando pornografia, violência, impiedade e imoralidade no teatro no cinema na televisão, etc.
(c) “A soberba da vida”, que significa o espírito de arrogância, orgulho e independência auto-suficiente, que não reconhece Deus como senhor, nem a sua palavra como autoridade suprema.
Tais pessoas procuram exaltar, glorificar e promover á si mesmas, julgando não depender de ninguém (Tg 4.16).
O crente não deve ter comunhão espiritual com aqueles que vivem no mundo, deve reprovar abertamente o pecado deles (Ef 5.11), deve ser sal e luz do mundo para eles (Mt 5.13,14),deve amá-los(Jo3.16), e deve procurar ganhá-los para Cristo(Mc 16.15;Jd 22,23).
Da parte do mundo, o verdadeiro cristão terá tribulação (Jo16. 33), ódio (Jo15. 19),perseguição(Mt 5.10-12) e sofrimento em geral (Rm 22,23).satanás, usando as atrações do mundo, faz um esforço incessante para destruir a vida de Deus dentro do cristão(2Co11.3; 1Pe5.8).
O sistema desse mundo é temporário e será destruído por Deus (Dn2. 34 35,44; 2Ts1. 7-10; 1Co7. 31; 2Pe 3 10-15).
Pare e pense, se a palavra de Deus não te convence é porque você tem parte com esse mundo, mas se está convencido é porque o Espírito de Deus trabalhou em sua vida e você não pertence a esse mundo e nem vai entrar no modismo dele, Graça e Paz!

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Fé.

Nesta postagem iremos abordar sobre este tema demasiadamente importante; a FÉ em JESUS CRISTO autor e consumador deste requisito tão importante para nossa vida espiritual ;uma vida cheia de justiça como nos diz a bíblia (MAS O MEU JUSTO POR SUA FÉ VIVERA).
Uma fé limpa e completamente pura, não como a fé dos iníquos que é cheia de orgulho como lemos em HC 2:4( eis que a sua alma se incha não é reta nele) fé não é confiança em si próprio mas sim naquele que não vemos vemos apenas como que vendo o invisível esta é a realidade da fé , é confiança, lealdade , total crença em Deus é um dom maravilhoso que vem somente dele.
1 COR,12:9 ...e a outro pelo mesmo espírito , a fé .( aqui o autor fala dos dons espirituais ) ou seja a fé real é um dom de Deus. A virtude ou dom da fé se manifesta no sobrenatural e não no visível mas é através da fé,que vem a realidade,Deus se manifestando no material (curas,milagres que o homem não pode fazer,etc.)
MT 21:18 a 22 a oração ao Deus invisível traz essa realidade em nome de Jesus ;pedir sem duvidar a Deus em nome de JESUS é mandamento divino. Precisamos verdadeiramente dar credito a palavra de Cristo que diz “sem mim nada podeis fazer”. Nestes últimos tempos a maioria dos seres humanos tem buscado soluções para suas vidas ,mas em nem um momento reconhecem a pessoa de CRISTO ;até pedem a Deus mas quando chega o momento de uma confissão de fé ,ou seja reconhecer Cristo como senhor de suas vidas acabam fugindo da benção e perdendo a oportunidade de ver o Senhor se manifestando em CRISTO. Perde-se a esperança e a perseverança e também a fé ,a fé que lemos em Hebreus 10:3 8 que nos fala de justiça ,e esta justiça adquirimos somente por meio da comunhão com Cristo,chegando ao ponto de Deus ter prazer nas nossas vidas como na de Jesus e olhar-nos dos altos céus e proclamar “ESTE É O MEU FILHO AMADO EM QUEM ME COMPRAZO”
Sejamos firmes mesmo sem ver as possibilidades , pois este é o ministério da fé , acreditar no impossível, não voltar atrás , ver aquilo que é invisível. Hebreus 11:1 (ora a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a certeza das que não se vêem.)
E esta firmeza da fé mesmo quando as condições visíveis não nos são favoráveis é que agrada a Deus. HB 11:6 (ora,sem fé é impossível agradar a Deus , porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam.)
Dentre muitos exemplos nas escrituras me chama a atenção o homem chamado Moisés , o qual voltou ao Egito , terra da qual fugira, crendo em melhores condições de vida para um povo sofredor, pela fé creu na palavra do senhor Deus e mesmo sem condições visíveis foi libertar este povo.
EFESIOS 6:16(lutar:tomando sobretudo o escudo da fé com o qual podereis apagar os dardos inflamados do maligno.)
Nossa batalha é espiritual, nossa luta é contra um inimigo invisível, e só podemos prevalecer com a ajuda daquele que é espírito , então tomemos o bendito nome de cristo como estandarte da fé ,e, tomemos posse da terra que ainda não vemos , a Jerusalém celeste , pois nós agimos por fé e não por vista.
Não desanime , te esforça e eu te deixo uma palavra de Deus ;Habacuque 3:17,18 (ainda que a figueira não floresce,nem há fruto na vide ;o produto da oliveira mente,e os campos não produzem mantimentos;e nos currais não há gado,toda via eu me alegro no senhor,exulto no Deus da minha salvação.
O senhor Deus é a minha fortaleza,e faz os meus pés como o da corsa,e me faz andar altaneiramente.) PAZ SEJA COM VOSCO!